Cine Concerto de O Senhor dos Anéis: As Duas Torres – A saga volta ao Ginásio do Ibirapuera
MÚSICA

Cine Concerto de O Senhor dos Anéis: As Duas Torres – A saga volta ao Ginásio do Ibirapuera

Compartilhe

As produtoras Alea Espetáculo & Artes e a americana Cami Music, em parceria com a Ingresso Rápido, trazem para São Paulo o segundo filme da saga do cine concerto original que conquistou o mundo: The Lord of The Rings In Concert: The Two Towers (O Senhor dos Anéis In Concert: As Duas Torres). O espetáculo será apresentado nos dias 27 e 28 de julho de 2020 no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Sob orientação do premiado Maestro brasileiro Adriano Machado, 250 músicos da Orquestra Sinfônica Villa Lobos interpretam ao vivo a trilha sonora do compositor Howard Shore, enquanto o filme O Senhor dos Anéis: As Duas Torres de Peter Jackson é exibido em tela gigante com imagem e som em alta definição.

Como no primeiro filme, Doug Adam, autor do livro The Music of the Lord of the Rings Films e conselheiro deste In Concert, lembra que, na experiência do cine concerto, a música ao vivo carrega seu próprio peso narrativo, criando uma atmosfera emocionante e dramática que oferece à jornada de Frodo Bolseiro e a Sociedade do Anel uma riqueza de detalhes impressionante, trazendo a riquíssima literatura imaginativa de J.R.R Tolkien à vida de uma forma nunca vista.

“O Senhor dos Anéis é uma história de temas universais e experiências humanas, incluindo perseverança, sacrifício, amizade e lealdade. Essas formam a espinha dorsal das obras de J.R.R. Tolkien, dos filmes de Peter Jackson e claro da trilha sonora de Howard Shore”, destaca Adam.

A música de Shore expressa o filme de Peter Jackson de uma maneira única com um imenso e rico trabalho sinfônico, desenvolvido de uma maneira singular, juntando vários séculos de tendências e estilos que fornecem a cada uma das histórias de Tolkien uma impressão musical única. “Não há nada que se compare a isto. Esta é uma extraordinária e comovente experiência. E é sua chance de se tornar parte da Sociedade”, diz Adam.

Desde 2009, quando mais de 10 mil pessoas se aglomeraram no Radio City Music Hall em Nova York para a première do primeiro filme, o cine concerto tem sido apresentado em várias cidades do mundo. E, com a parceria da Ingresso Rápido, São Paulo se insere nessa itinerância global.

“É gratificante poder, mais uma vez, trazer para o nosso público um evento épico que faz parte da história de muita gente. E nesse formato de cine concerto, a exibição do filme se transforma em um verdadeiro espetáculo, uma experiência única”, afirma Levi Morani, CEO da Ingresso Rápido.

Na apresentação do segundo filme, a produção oferecerá ao público uma visão total da orquestra de qualquer lugar do ginásio, além de praticamente dobrar o tamanho da tela e praticar uma política de preços na qual o ticket medio será quase 20% menor.

“Mesmo sendo um tipo de experiência que remeta aos primórdios do cinema, na qual, orquestras tocavam ao vivo o filme exibido, é interessante notar como na nossa época cine concerto ainda é uma experiência nova para a maioria do público” diz Leo Rea Lé, produtor executivo do espetáculo.

“O cine concerto da trilogia do Senhor dos Anéis é o maior e mais diversificado cine concerto do gênero. São 150 pessoas no coro (50 crianças e 100 adultos, dentre homens e mulheres) e mais 100 músicos envolvidos. É um evento de intenso apelo sensorial e sentimental, onde o público se envolve com a música e com a história. Como produtor, é recompensador poder oferecer uma experiência dessa grandeza e observar o magnético envolvimento do público completamente imerso na música e na tela”, conclui Rea Lé.

SERVIÇO:

The Lord of The Rings In Concert: The Two Towers (O Senhor dos Anéis In Concert: As Duas Torres)

São PauloData: 25 e 26 de julho de 2020.

Local: Ginásio do Ibirapuera.

Endereço: Endereço: Rua Manoel da Nóbrega, nº 1361 Ibirapuera – São Paulo – SP

CEP 01156-000.

Duração: ATO 1 – 1 hora 21 minutos / Intervalo 40 minutes / ATO 2 -1 hora 38 minutos.

Total de tempo:  3 horas 19 minutos.

Faixa etária recomendada: 12 anos.

Acompanhe nossas redes sociais:

http://facebook.com/senhordosaneisconcerto
http://instagram.com/sdaconcerto

Hotsite: https://site.ingressorapido.com.br/senhordosaneis

Site oficial (em inglês): http://lordoftheringsinconcert.com

SOBRE A INGRESSO RÁPIDO

Marketplace de entretenimento dedicado à venda de ingressos e gestão de grandes shows ao vivo. Por meio de soluções tecnológicas seguras e eficazes, a plataforma online brasileira une produtores e consumidores, simplifica a administração das etapas dos eventos e promove o acesso da sociedade à cultura. Para saber mais, visite nosso site: https://www.ingressorapido.com.br/

SOBRE O FILME

Lançado em 27 de dezembro de 2002, O Senhor dos Anéis: As Duas Torres é o segundo filme da trilogia de Peter Jackson baseada nas obras de J.R.R. Tolkien. Após a captura de Merry e Pippy pelos orcs, a Sociedade do Anel é dissolvida. Frodo e Sam seguem sua jornada rumo à Montanha da Perdição para destruir o anel e descobrem que estão sendo perseguidos pelo misterioso Gollum. Enquanto isso, Aragorn, o elfo e arqueiro Legolas e o anão Gimli partem para resgatar os hobbits sequestrados e chegam ao reino de Rohan, onde o rei Theoden foi vítima de uma maldição mortal de Saruman.

Considerado um dos mais ambiciosos projetos da história do cinema, levou mais de 8 anos para O Senhor dos Anéis chegar oficialmente aos cinemas. O resultado foi um sucesso estrondoso. A trilogia completa ganhou um total de 17 Oscars, incluindo a de melhor trilha sonora para Howard Shore. Os três filmes estão entre as produções de maior bilheteria da história do cinema mundial.

SOBRE O LIVRO

“Um Anel para a todos governar, um Anel para encontrá-los, Um Anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los”

Por décadas, as palavras acima incendiaram a imaginação de mais de 100 milhões de leitores ao redor do mundo. Elas foram lidas pela primeira vez em 1954, quando A Sociedade do Anel, primeiro livro da trilogia de J.R.R Tolkien, O Senhor dos Anéis, foi publicada. Eleito como o “Livro do Século”, a obra de Tolkien teve um efeito profundo em gerações de leitores, definindo o arquétipo da luta entre o bem e o mal. Ele tornou-se referência do épico moderno por criar um universo inteiramente novo e vivo. Introduziu um herói inesquecível no papel do Hobbit, Frodo Bolseiro, envolvido em uma guerra de proporções míticas na Terra-média, um mundo cheio de magia e folclore. Acima de tudo isso, o livro celebrava o poder da amizade leal e da coragem, um poder que pode conter até as mais devastadoras forças das trevas.

SOBRE HOWARD SHORE

Howard Shore é considerado um dos mais respeitados e ativos compositores e condutores. Seu trabalho com Peter Jackson na trilogia O Senhor dos Anéis é sua maior conquista até o momento. A obra lhe rendeu três Oscars, três Golden Globes e quatro Grammys. Shore foi um dos criadores originais do Saturday Night Live servindo como diretor musical de 1975 até 1980. Ao mesmo tempo, ele começou a colaborar com o diretor David Cronenberg e fez a trilha de 12 de seus filmes. Incluindo A Mosca (The Fly, 1986), Gêmeos Mórbida Semelhança ( Dead Ringers, 1988)Crash Estranhos Prazeres (Crash, 1996) , Mistérios e Paixões ( Naked Lunch, 1991) e Senhores do Crime ( Eastern Promises, 2007) do qual foi honrado com o Genie Award, prêmio do cinema canadense. Shore continuou a se destacar em uma gama enorme de diferentes projetos, dos filmes de Martin Scorsese, Os Infiltrados (The Departed, 2006), O Aviador ( The Aviator, 2004) e Gangues de Nova York ( Gangs of New York , 2001); para Ed Wood (Ed Wood, 1994), O Silêncio dos Inocentes ( The Silence of the Lambs , 1991), Philadelphia (Philadelphia, 1993) e Uma Babá Quase Perfeita ( Mrs. Doubtfire, 1993).

Sua música foi interpretada em concertos pelo mundo. Em 2003, Shore conduziu a Orquestra Sinfônica e o coro da Nova Zelândia na premiére mundial da The Lord of the Rings Symphony em Wellington. Desde então o trabalho já teve mais de 140 performances pelas mais renomadas orquestras do mundo. Em 2008 a opera The Fly (baseado no filme A Mosca) de Howard Shore teve sua premiére no Théâtre du Châtelet em Paris e no L.A. Opera em Los Angeles. Outros trabalhos recentes do músico incluem a Fanfare for the Wanamaker Organ na Filadélfia e um piano concerto para o músico Lang Lang. Em 2012, ele retornou para a Terra-média nos cinemas produzindo a trilha sonora da trilogia O Hobbit (The Hobbit) de Peter Jackson, baseado em outra obra do autor J.R.R. Tolkien.

Shore recebeu os prêmios Career Achievement for Music Composition Award pela National Board of Review of Motion Pictures and New York Chapter’s Recording Academy Honors, ASCAP’s Henry Mancini Award e Frederick Loewe Award. Ele tem um doutorado honorário na Berklee College of Music e na Universidade de York. Além disso ele é um oficial da Ordem Francesa das Artes e Letras.

SOBRE O MAESTRO ADRIANO MACHADO

Maestro, professor de violino, violão, especialista em cordas, do clássico ao popular, com mais de 20 anos de experiência acompanhando artistas renomados, Adriano Machado vem realizando um trabalho vencedor produzindo artistas e suas carreiras. Desde o início no ano 2000, sob a regência do Maestro Adriano Machado a Orquestra Sinfônica Villa Lobos traz modernidade pop ao mundo da música clássica e elegância clássica ao mundo pop.