Laura Cardoso é convidada do Camarim em Cena e conversa com o público sobre os bastidores do teatro - Foto de André Seiti
TEATRO

Laura Cardoso é convidada do Camarim em Cena e conversa com o público sobre os bastidores do teatro

Compartilhe

No dia 26 de junho (quarta-feira), o Itaú Cultual recebe a atriz Laura Cardoso como convidada da programação Camarim em Cena. Mais de dois anos depois de ser homenageada na série de exposições Ocupação, realizada pelo instituto, a atriz volta ao Itaú Cultural para uma conversa aberta com o público sobre sua preparação e rituais antes de subir aos palcos, e fala também dos mais de 70 anos de carreira, percorrida entre rádio, teatro, cinema e televisão. O encontro será mediado pelo crítico de teatro José Cetra.

No auge dos seus 91 anos, Laura Cardoso se define como uma operária da arte. Uma das grandes estrelas das artes cênicas brasileiras, essa paulistana filha de portugueses, nascida no bairro da Bela Vista, começou sua carreira aos 15 anos e vem dedicando últimas sete décadas ao trabalho. Assim, participou de transições importantes dos meios de comunicação brasileiros – como a criação das diversas rádios no país, a chegada da televisão e o início das transmissões em cores – e está entre os artistas e profissionais de TV que se tornaram referência na construção desta linguagem artística.

A estreia na extinta Rádio Cosmos, em São Paulo, foi só o início dessa longeva trajetória, que, ainda nos estúdios de rádio, a fez conhecer o ator Fernando Baleroni (1922-1980), com quem se casou, em 1949. Na televisão, onde tem a grande parte de seus trabalhos, fez a primeira participação em 1952, no programa Tribunal do Coração, na também extinta TV Tupi. E além de inúmeros trabalhos na teledramaturgia brasileira, trabalhou ainda como dubladora, dando voz à personagem Betty, do desenho animado The Flintstones.

O percurso pelos palcos é marcado pelo trabalho com diretores renomados, como Antunes Filho (1929-2019) e Antônio Abujamra (1932-2015), em espetáculos como Plantão 21 (1959), As Criadas (1968) e Volpone (1977). No cinema, entre curtas-metragens e longas-metragens, atuou em produções como O Rei Pelé (1963), de Carlos Hugo Christensen, Terra Estrangeira (1995), dirigida por Walter Salles e Daniela Thomas, e Morte (2002), com direção de José Roberto Torero.

A dedicação ao trabalho como atriz rendeu a Laura Cardoso premiações como a Ordem do Mérito Cultural, recebida em 2006, em reconhecimento pela contribuição à cultura brasileira. Em 2017, foi a homenageada da 33ª edição do programa Ocupação, do Itaú Cultural, que naquele ano dedicou toda esta série de exposições à energia, poder de ação e vigor criativo de mulheres cujos trabalhos são essenciais para a arte e para a cultura brasileiras, representadas pela escritora Conceição Evaristo, a curadora Aracy Amaral e a cantora Inezita Barroso, além de Laura Cardoso.

No site do Itaú Cultural, estão mais informações sobre a Ocupação Laura Cardoso(https://www.itaucultural.org.br/ocupacao/laura-cardoso/). A atriz tem também um verbete na Enciclopédia Itaú Cultural (http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa400418/laura-cardoso).

Mediação

Camarim em Cena com a atriz Laura Cardoso será mediado pelo crítico de teatro José Cetra. Mestre em Artes Cênicas pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), o pesquisador teatral é membro da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). É, ainda, editor do blog Palco Paulistano (www.palcopaulistano.blogspot.com) e autor do livro O Palco Paulistano de Golpe a Golpe (1964-2016) (Editora Giostri, 2017, 272 páginas).

SERVIÇO

Camarim em Cena com Laura Cardoso

Mediação: José Cetra 

Dia 26 de junho (quarta-feira), às 16h

Duração: 120 minutos

Classificação indicativa: Livre

Sala Itaú Cultural (200 lugares)

Classificação indicativa: Livre

Interpretação em Libras

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1777

Acesso para pessoas com deficiência física

Ar condicionado

Estacionamento:Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108.

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:

3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 12

Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

www.itaucultural.org.br

www.twitter.com/itaucultural

www.facebook.com/itaucultural

www.youtube.com/itaucultural

www.flickr.com/itaucultural