Centro de Música Brasileira faz homenagem a Villa-Lobos

Centro de Música Brasileira faz homenagem a Villa-Lobos

No dia 18 de maio, sábado, às 20h, o Centro de Música Brasileira homenageia o compositor Heitor Villa-Lobos (1887-1959) no Centro Brasileiro Britânico em Pinheiros. Primeiro apresenta-se o violonista Yuri Marchese e depois a pianista portuguesa Taíssa Poliakova-Cunha. A série conta com o Apoio Cultural da Cultura Inglesa de São PauloGrátis!

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) foi o mais importante e reconhecido maestro brasileiro. Além de maestro, ele foi compositor de mais de mil obras e sua figura teve grande importância no período do modernismo no Brasil. Seu talento foi essencial para trazer à tona aspectos de uma música brasileira, com foco na cultura popular e regional.

Nascida em Lisboa, Taíssa Poliakova-Cunha é Mestre em Música pela Universidade de Aveiro (Portugal). Chegou no Brasil em 2017, realizando recitais e tocando com orquestras de Londrina.

Yuri Marchese é brasileiro e Mestre em Música pela Universidade de Aveiro (Portugal). Conquistou diversos prêmios, com destaque para o 1º Lugar no IX Concurso Jovens Músicos-Música no Museu (RJ, 2017), 1º Lugar no Concurso Internacional de Leiria (Portugal, 2017) e 1º lugar no VII concurso FITO (SP, 2012).

Programa:

1ª Parte

Yuri Marchese

Heitor Villa-Lobos (1887–1959) – 12 estudos para violão (1929)

Estudo nº1 des arpèges

Estudo nº2 des arpèges

Estudo nº3 des arpèges

Estudo nº4 des accords répétés

Estudo nº5

Estudo nº6

Estudo nº7

Estudo nº8

Estudo nº9 des ornements

Estudo nº10

Estudo nº11

Estudo nº12

Osvaldo Lacerda (1927–2011) – Ponteio para Violão

2ª parte:

Taíssa Poliakova-Cunha

Osvaldo Lacerda – Toada nº6

Heitor Villa-Lobos/José Vieira Brandão* – Cinco prelúdios (originais para violão)
*arr. para piano

Prelúdio nº1

Prelúdio nº2

Prelúdio nº3

Prelúdio nº4

Prelúdio nº5

Temporada 2019 do Centro de Música Brasileira:

15 de Junho
Giácomo Bartoloni e Eduardo Monteiro 
(violão e flauta)
Tânia Guarnieri e Araceli Chacon (violino e piano)

24 de Agosto
Adelia Issa e Edelton Gloeden (canto e violão)  
Orquestra Laetare 
sob regência de Muriel Waldman

21 de Setembro
Trio “Canto Nosso” – Sonia  Goussinsky, Marília Macedo
 e Fábio  Bartoloni (canto, flauta doce eviolão)
Consuelo Quireze – (piano)

19 de Outubro
Fábio Luz 
(piano)
Patrícia Endo e Alessandro Santoro (canto e piano) – homenagem ao centenário de nascimento de Claudio Santoro 

16 de Novembro
Festival Nilcéia Baroncelli 
Izaias e seus Chorões 
– participação de Eudóxia de Barros

Currículos:

Nascida em Lisboa, Taíssa Poliakova-Cunha iniciou seus estudos no Conservatório Nacional de Lisboa. Formou-se com honras pelo Conservatório Superior de Música de Castilla y León (Salamanca, Espanha). É Mestre em Música pela Universidade de Aveiro (Portugal) tendo recebido, após a sua conclusão, o prêmio de Melhor Aluna do Mestrado em Música. Estudou com a renomada professora, aposentada da Juilliard School de Nova York, Oxana Yablonskaya, entre 2012 e 2017.

Entre as suas premiações incluem-se o Prémio Especial no 16º Concurso Internacional de Piano Santa Cecília (Portugal, 2014), o 1º lugar e Melhor Interpretação de Obra Portuguesa no 10º Concurso de Piano da Póvoa de Varzim (Portugal, 2015), Prêmio Jovens Músicos Categoria Música de Câmara (2008), entre outras.

Participou de vários festivais a destacar o 1º Festival Internacional de Piano de Amarante (2015) e o Encontro EPTA de Pianistas e Professores de Piano de Portugal (2017). Desde a sua chegada ao Brasil, em 2017, tem realizado recitais em São Paulo, Londrina, Maringá e Campos do Jordão, e solado com orquestras em Londrina (OSUEL, BRAVI), além de manter agenda em Portugal.

Yuri Marchese, nascido em Vitória (ES) é Mestre em Música pela Universidade de Aveiro (Portugal) e formado em Música pela Universidade Estadual de Londrina (PR). Estudou ainda com Fábio Zanon, em São Paulo, entre os anos de 2012 e 2014. Realizou sua primeira turnê no exterior aos 22 anos e já se apresentou em importantes cidades no Brasil, em Portugal, na Espanha e na República Tcheca.

Conquistou diversos prêmios, com destaque para o 1º Lugar no IX Concurso Jovens Músicos-Música no Museu (RJ, 2017), 1º Lugar no Concurso Internacional de Leiria (Portugal, 2017), 1º lugar no VII concurso FITO (SP, 2012), 2º lugar e Melhor Intérprete Capixaba no X Concurso Nacional Villa-Lobos (Vitória, 2013), entre outros. Entre 2010 e 2014 foi bolsista do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão.

Participou de vários festivais e séries internacionais de concerto como o Festival de Música de Londrina, Série Palcos Musicais, Young Prag Festival (CZ), Semana da Guitarra de Águeda, Irmão Violão, Zêzere Arts Festival e VI Ponto de Guitarra (Portugal).

Atua como professor há mais de dez anos. Trabalhou em Portugal no Conservatório Regional de Coimbra, Conservatório de Música de Coimbra e no Conservatório David de Souza em Figueira da Foz. Reside atualmente em Londrina, Paraná.

Centro de Música Brasileira – CMB é uma sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em São Paulo, em 18 de dezembro de 1984, iniciando suas atividades em 29 de abril de 1985, no Teatro de Cultura Artística (Sala Rubens Sverner), com um recital de Eudóxia de Barros.

Visa a defender e promover maior divulgação da música brasileira erudita de todas as épocas e estilos. Grande parte dos intérpretes que se apresentam são jovens no início de suas carreiras de instrumentistas, cantores ou regentes.

Osvaldo Lacerda foi o Presidente até 2011 e atualmente é a pianista Eudóxia de Barros.

O CMB realizou 334 apresentações em São Paulo, e um total de 47 em cidades do interior dos Estados de São Paulo e Minas Gerais.

Por duas vezes recebeu Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte – APCA, pelo trabalho realizado em prol de nossa música.

Não conta com subsídios de entidades nem particulares, nem governamentais, com exceção de esporádicos patrocínios dos prêmios dos concursos ou apoios culturais: Banco Francês e Brasileiro, Metal Leve, PADO S/A., Funarte – MINC, Rotary Club de São Paulo, Orquestra da RTC, SESC, Academia Brasileira de Música, Cultura Inglesa, Bovespa, Grupo Arão Sahm, Casa Manon, Pianos Fritz Dobbert, Orquestra Sinfônica De Campinas, Ballet Stagium, Unibero, Sabó Ind. e com Ltda., e mais recentemente, um grande apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Financeiramente, sobrevive graças às anuidades pagas por seu quadro social, e que foram estipuladas em R$ 120,00 (individual) e R$ 180,00 (casal) a partir deste ano, podendo ser enviadas para a sede da entidade: Rua Santarém, 269 Bairro Perdizes, CEP 01251-040 São Paulo-SP.

Desde 1995, recebe um valioso apoio cultural da Cultura Inglesa de São Paulo, podendo realizar seus recitais mensais da temporada, na Sala Cultura Inglesa do Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros

Promoveu vários concursos de Interpretação, de âmbito nacional: 7 da Canção de Câmara Brasileira; 5 de Músicas Brasileiras para Piano; 2 de Músicas Brasileiras para Flauta.

Promoveu um Concurso de Monografia “O Dobrado” (marcha cívica e militar brasileira), e dois de Composição: o primeiro, em parceria com a Biblioteca Municipal “Mário de Andrade” (São Paulo) e mais recentemente, em 2008, um Concurso de Tocata para Piano, vencido em 1º lugar por Nelson Lin, que teve como prêmio, além de uma vultosa quantia oferecida pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, ainda a impressão de sua Tocata, pela Academia Brasileira de Música. O 2º prêmio foi para Edson Sant´Anna. Foram marcantes os dois recentes Concursos promovidos pelo Centro de Música Brasileira, em dezembro de 2009, curiosamente realizados na Casa Mário de Andrade: o II Concurso de Interpretação de Músicas Brasileiras para Flauta e o V Concurso de Interpretação de Músicas Brasileiras para Piano, que tiveram grandes prêmios oferecidos pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. E em 2015, o Concurso de Interpretação Pianística da obra de Osvaldo Lacerda.
Site: http://www.centrodemusicabrasileira.blogspot.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/centrodemusicabrasileira

Sua atual Diretoria é assim constituída:

Presidente: Eudóxia de Barros

Vice-Presidente: Fernando Cupertino

Primeiro Secretário: Helena Marcondes Machado

Segundo Secretário: Fernanda Iervolino Rossini

Primeiro Tesoureiro: Lavínia Rossini

Segundo Tesoureiro: Tomasino Castelli

Conselho Fiscal:

Christina Thornton
Antonio Ribeiro
Carlos Augusto de Souza Lima

Serviço:

Dia 18 de maio, sábado, às 20h

Centro de Música Brasileira (CMB)

Homenagem a Villa-Lobos

Yuri Marchese (violão)
Taíssa Poliakova Cunha (piano)

Local: Sala Cultura Inglesa do Centro Brasileiro Britânico

Rua Ferreira de Araújo, 741 

Pinheiros – São Paulo 

Tel: (11) 3039 0500

Capacidade: 160 lugares

Classificação Livre

Grátis!

Compartilhe!
Categories: MÚSICA Tags: